5 ações de cobrança de aluguel efetivas para a sua imobiliária adotar

5 ações de cobrança de aluguel efetivas para a sua imobiliária adotar

ação de cobrança de aluguel

Infelizmente, a inadimplência é um problema frequente nas imobiliárias que trabalham com locação. Esse cenário causa dor de cabeça não somente aos corretores de imóveis, mas, principalmente, aos proprietários de um local — podendo prejudicar todo o orçamento mensal. Por isso, muitas empresas estão investindo na chamada “ação de cobrança de aluguel”, como uma forma de minimizar o cenário e fugir dos prejuízos.

A parte boa é que existem diferentes formas de realizar uma cobrança sem que, para isso, seja preciso se desgastar ou, até mesmo, discutir com o inquilino. Como exemplo, podemos citar as mensagens eletrônicas, a aplicação de multas e outras soluções que costumam garantir bons resultados para todos os envolvidos.

Estamos aqui desejando somente o melhor para os nossos parceiros. Pensando nisso, trouxemos para o post um apanhado de recomendações práticas, acessíveis e que farão verdadeiros milagres no desempenho da sua imobiliária. Acompanhe a leitura e anote as nossas dicas exclusivas!

Leia também: 5 vantagens da terceirização de cobranças na sua imobiliária

1. Saiba o horário certo para enviar a cobrança

Ao falarmos sobre a ação de cobrança de aluguel, é comum que muitas pessoas, imediatamente, imaginem as longas e insistentes ligações de telefone. Mas, hoje em dia, essa tática já ficou para trás e as imobiliárias estão investindo em outros meios para realizar uma boa negociação.

Enviar mensagens por SMS é um deles. Além de apresentarem um valor mais acessível, esses modelos são menos invasivos e conseguem informar ao inquilino que uma mensalidade ainda está em aberto.

Para tanto, não se esqueça de verificar cuidadosamente o horário em que o SMS será disparado. Para evitar incômodos, o ideal é mandá-los somente em períodos comerciais, ou seja, das 9h às 18h e jamais aos fins de semana. Tal alternativa ainda tem a vantagem de contar com alta taxa de entrega e conseguir chegar diretamente no contato pessoal do cliente. Bem interessante!

2. Mande outros tipos de notificações

Caso você já tenha enviado o SMS e, mesmo assim, não obteve um bom retorno no pagamento do aluguel, considere partir para outros meios de comunicação.

Um deles é o contato telefônico, que pode ser feito para negociar com o locatário ou, simplesmente, convidá-lo para uma conversa por Skype ou pessoalmente. Durante o bate-papo, evite manter o tom de ameaça, prezando pela simpatia, empatia e sempre procurando palavras amigáveis para dialogar.

Ainda não deu certo? Também há a possibilidade de enviar uma cobrança por escrito, mostrando os dias que o aluguel está em atraso e informando as possíveis multas e prejuízos que o inquilino pode sofrer com o não pagamento.

Tudo isso, sem esquecer de se colocar sempre à disposição para solucionar o problema e encontrar as melhores medidas para o cumprimento dessa obrigação.

3. Apresente alternativas para evitar o atraso

Para uma ação de cobrança de aluguel eficiente, é fundamental apresentar soluções aos inquilinos que estão em atraso. Ou seja, além das mensagens, telefonemas e multas, você precisará se mostrar, de fato, à disposição para contornar esse cenário e ajudar o cliente a fugir do problema.

Sendo assim, tente estabelecer uma conversa com o locatário a fim de analisar a possibilidade de um parcelamento, extensão do prazo para o pagamento ou, em último caso, uma data para que ele desocupe o local.

São execuções simples, porém eficientes, e que mostram ao inquilino que há caminhos para resolver a situação. Com o tempo, esse tipo de cuidado ajudará — e muito — a melhorar a imagem do seu negócio no mercado imobiliário.

4. Entenda o motivo do atraso

Durante o processo de cobrança, o que acha de entender os reais motivos que levaram o inquilino a atrasar o aluguel? Ao tomar essa atitude, é possível mostrar que a sua imobiliária adota práticas humanizadas e está interessada nos anseios do seu público.

O cuidado ainda é fundamental para facilitar na hora de encontrar soluções, já que, muitas vezes, o cenário pode ser resolvido facilmente — basta oferecer um novo prazo para que o locatário quite a sua dívida.

Existem muitas razões para que um indivíduo fique em falta com as suas obrigações. As principais delas são:

  • O dia do vencimento não é bom;
  • O acesso à segunda via do boleto é difícil;
  • O cliente não recebeu o boleto de pagamento;
  • Entre outras.

5. Cobre a multa acordada no contrato de locação

Ao alugar um espaço, toda imobiliária de confiança elabora um contrato de locação — documento este, fundamental para proteger os envolvidos nesse tipo de negociação. Entre as informações previstas no material, está o direito de cobrança de juros e multas, caso o valor da mensalidade não seja quitado no dia combinado.

Se, mesmo depois de conversar com o inquilino, essa quantia continuar em aberto, você pode recorrer às multas para “pressionar” o locatário. Ainda assim, e caso o indivíduo tenha um bom histórico de pagamentos ou o atraso ainda seja de poucos dias, vale a pena negociar o montante para suavizar a situação.

Atenção: só não torne essa prática um hábito, caso contrário, o proprietário do imóvel passará a ter inúmeros prejuízos financeiros.

Dica bônus

Para evitar o atraso, as imobiliárias mais atualizadas do setor estão investindo em garantias locatícias como a Velo. Esse serviço é indicado para os momentos em que o inquilino não tem um fiador, por isso, precisa de uma medida para evitar que o proprietário do imóvel fique sem receber o valor do aluguel.

Assim que investir na proposta, o locatário deverá passar por uma análise de crédito. Se aprovado, ele precisará pagar uma taxa que, por sua vez, poderá ser parcelada em até 12 vezes. Já em situações de inadimplência, a seguradora arca com as despesas e, de quebra, oferece outros serviços, como a assistência jurídica.

E então, gostou de conferir as nossas dicas sobre a ação de cobrança de aluguel? Acredita que, após essas informações especiais, será mais fácil evitar a inadimplência e ter êxito em suas negociações? Lembre sempre que estabelecer um diálogo aberto pode evitar vários problemas na hora de realizar a cobrança.

Caso queira conhecer a Velo e descobrir como podemos potencializar os resultados da sua imobiliária, peça a sua demonstração gratuita no banner abaixo e aguarde o contato de um de nossos especialistas!

Compartilhe esse conteúdo
Leia também:
Infográfico
[Infográfico] Diferença entre fiança, seguro fiança e caução
LER MAIS >
Materiais Educativos
[Semana de webinars] Especial Dia do Corretor
LER MAIS >
tecnologia imobiliária
Tecnologia
Tecnologia a favor da imobiliária: saiba por que apostar nisso

Agilidade, menos gastos, mais lucros e mais segurança de mercado são algumas das justificativas para você investir na tecnologia imobiliária. Confira tudo sobre o assunto aqui!

LER MAIS >